Por que o peso corporal excessivo não desaparece?

Para responder a essa pergunta, você precisa se estudar bem. Talvez o corpo (rosto, tornozelo, pernas e mãos) apenas tenha inchado.

Isso acontece com muita frequência, já que o peso do feto perdido pelo corpo, o líquido amniótico e a placenta podem ser compensados ​​pela retenção de água no corpo. Então, o corpo é preparado a partir da desidratação.

Esta situação não é incomum para aquelas mulheres que receberam bolinhos durante o parto.

Como perder peso: várias formas eficazes

Doji! Sim, é a lactação (e longa) tornar-se uma espécie de garantia de que em pouco tempo esses quilos extras irão por conta própria.

Muitas jovens mães acreditam que a amamentação é um problema desnecessário e dever de carga. Eles acreditam que apenas com nutrição rigorosa e fome debilitante ajudam a retornar às suas formas anteriores. Enquanto isso, isso é um erro comum.

Mulheres que desistem de desordens endócrinas de risco precoce em aleitamento materno. Isso, por sua vez, aumenta o ganho de peso.

Os pediatras recomendam uma criança a amamentar por um ou dois anos. É assim que o sistema endócrino precisa se recuperar.

Mova-se, mova-se! O assento Kohl não ajuda a resolver o excesso de peso, o que significa que você tem que escolher outra tática! Isso não significa que basta ir até a varanda, respirar o ar por alguns minutos e depois voltar para o sofá. Então ninguém conseguiu perder peso.

Portanto, você precisa pegar um bonde, baby e passear com ele duas vezes ao dia pelos parques e ruas da cidade. Ao mesmo tempo, o comprimento de uma caminhada não pode ser inferior a 2-3 horas.

Isso é útil não apenas para a mãe, mas também para um homem pequeno em uma cadeira de rodas.

Nutrição adequada é a metade do sucesso! Vale a pena fazer uma reserva agora que é impossível categorizar-se em nutrição rigorosa após o parto! Também é inútil e insalubre.

Você apenas tem que ter certeza que o menu é racional. A comida deve estar em primeiro lugar saudável e depois – deliciosa.