TRATAMENTO DA DISFUNÇÃO ERÉTIL PSICOGÊNICA

A condução do tratamento medicamentoso para a disfunção erétil psicogênica desempenha um papel secundário de apoio, trabalhando apenas para a eliminação temporária dos sintomas apresentados. A ineficácia e a inconveniência do tratamento farmacológico podem ser explicadas pelo fato de que não, mesmo os medicamentos mais modernos e poderosos podem afetar a fonte primária do problema. As drogas não têm nenhum efeito sobre o fator psico-traumático, e eliminam apenas sintomas psicóticos – ansiedade, humor depressivo, ou proporcionam por um tempo a capacidade fisiológica de realizar a relação sexual. É por isso que, para o tratamento da disfunção erétil psicogênica, é necessário utilizar os métodos terapêuticos que podem afetar a causa da violação.Hoje, o tratamento clássico da impotência psicogênica é uma combinação de trabalho psicoterapêutico e hipnose.

Durante sessões psicoterapêuticas, o paciente recebe informações confiáveis ​​sobre a natureza de suas violações e aprende sobre as prováveis ​​causas que podem causar sua disfunção sexual. Ao questionar, o médico tenta descobrir o verdadeiro culpado da anomalia e estabelecer os fatores provocadores em que um homem se torna incapaz de ter relações sexuais. Durante a conversa, o psicoterapeuta informa sobre as formas de neutralizar adequadamente os fatores de estresse, o que ajuda a pessoa a reduzir a importância de situações traumáticas.

Outro objetivo de um especialista é formar idéias reais sobre a vida íntima de um homem. Informar o paciente sobre as características da psicologia feminina. Conte sobre as nuances que freqüentemente surgem durante a proximidade do contato íntimo. Relate o que a maioria das mulheres espera da intimidade sexual. Ilumine o que diferenças fisiológicas existem nos sexos e o que precisa ser feito para satisfação mútua com o contato. Clique e saiba mais em AZ21 é bom.

A principal tarefa do psicoterapeuta é ajudar um homem a superar a ansiedade obsessiva e o medo anômalo do contato íntimo. Para fazer isso, o paciente deve descartar completamente as falsas noções e formar uma auto-estima adequada. No processo de tratamento psicoterapêutico, a pessoa se livra dos complexos, o que lhe devolve a moderação em suas próprias habilidades.